Concurso REDA São Francisco do Conde – vaga para musicoterapeuta

Foi lançado na última quarta-feira (15 de Maio de 2019), no Diário Oficial do Município, o edital do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária na Secretaria da Educação (SEDUC) de São Francisco do Conde, oferencendo vaga para musicoterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, assistente social, dentre outras profissões de nível superior que contemplariam um projeto de acompanhamento e encaminhamento de crianças com necessidades educacionais especiais.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas na sede do Pré-Enem, situada à Praça da Santa Cruz, s/n, Centro, entre os dias 27 e 31 de maio, das 08h às 13h.

Maiores informações pelo site: 

http://saofranciscodoconde.ba.gov.br/oportunidade-lancado-edital-reda-para-prestacao-de-servicos-a-secretaria-da-educacao-seduc/

Baixe aqui o Edital 001/2019 da SEDUC/São Francisco do Conde

Pedido da UBAM para a inclusão da Musicoterapia no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde (ANS)

Fonte: portal literatura Musicoterápica

Recentemente a UBAM – União Brasileira das Associações de Musicoterapia fez o pedido para a inclusão da Musicoterapia no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde (ANS), que será analisado até 2020. Essa ação fortalece a profissão! 😉 ❤

Até lá, é importante sabermos que já é possível o acesso à Musicoterapia por planos de saúde desde que sejam movidas ações na justiça com tal finalidade! Já havendo, inclusive, jurisprudência no sistema jurídico brasileiro para o acesso à Musicoterapia.

Segundo o levantamento do blog Saber Melhor:

“Recentemente, o Tribunal de Justiça de Paraná, determinou a UNIMED CURITIBA, que arcasse com os custos de diversas terapias adicionais à uma paciente, acometida de paralisia cerebral tetraespática (CID G 80.0), dentre outras terapias, a musicoterapia.

A decisão do Tribunal de Justiça do Paraná entendeu que a ausência de previsão da musicoterapia no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde é irrelevante. Deve, independentemente de tal listagem, ser garantido aos segurados o tratamento mais moderno, sempre visando a obtenção da cura ou a redução dos efeitos da doença. A decisão foi tomada em 29 de outubro de 2015.

O Tribunal de Justiça de São Paulo, seguindo a mesma linha, entendeu que a natureza experimental do procedimento de musicoterapia não justifica a recusa de cobertura pelo plano de saúde.”

Fontes das decisões do Tribunal de Justiça:

TJPR; ApCiv 1401614-7; Curitiba; Nona Câmara Cível; Rel. Juiz Conv. Sérgio Luiz Patitucci; Julg. 29/10/2015; DJPR 12/11/2015; Pág. 175.

TJSP; AI 2176325-68.2015.8.26.0000; Ac. 8830567; São Paulo; Nona Câmara de Direito Privado; Rel. Des. Galdino Toledo Junior; Julg. 22/09/2015; DJESP 23/10/2015

Texto completo com referências:

https://fogareu530831245.wordpress.com/2015/11/15/cobertura-por-plano-de-saude-do-tratamento-por-musicoterapia/

Se você é Musicoterapeuta, informe isso a seus/suas pacientes e/ou responsáveis por eles/elas! Quanto mais pessoas tendo acesso à Musicoterapia, melhor para a profissão e para a população! 😉

Curta: http://www.fb.com/literaturamusicoterapica

Visite: http://www.literaturamusicoterapica.com.br

#Musicoterapia #Judicialização #JudicializaçãoDaSaúde #PlanosDeSaúde #Unimed #Direito #Justiça #Musicoterapeuta

ASBAMT EM DEBATE: Rumos da musicoterapia na Bahia e no Brasil

ASBAMT EM DEBATE: Rumos da musicoterapia na Bahia e no Brasil

Convidamos os musicoterapeutas que atuam na Bahia para este encontro de partilha e trocas sobre a conjuntura atual da musicoterapia na Bahia e no Brasil. Este encontro é voltado ao público de musicoterapeutas profissionais e estudantes de musicoterapia.

O Evento acontece dia 15 de Junho de 2019 às 14hs no Canto Alumiar. End: Rua Dr. Fernando Studart, 212, Pituba Salvador- Ba

Evento gratuito com VAGAS LIMITADAS. Informações e inscrições através do e-mail: asbamt@gmail.com

Prazo final para submissão de trabalhos: 16º Congresso Mundial de Musicoterapia – África do Sul/ 2020

music-banner.zp162595Informamos que o prazo para submissão de resumos de trabalhos para o 16th World Congress of Music Therapy, estão abertas até o dia 29 de abril de 2019 às 13h no horário de Brasília.  A 16a Edição do Congresso Mundial terá como sede a cidade de Pretória, capital administrativa da África do Sul e realizar-se-a entre os dias 7 e 11 de julho de 2020 com o tema The Polyrhythms of Music Therapy.  De acordo com Lazaro Nascimento, da UNESPAR, que está acompanhando a organização do evento, não é necessário se inscrever para submeter os resumos, basta enviar o título, texto do resumo (com até 250 palavras), palavras-chaves, autoria, minibiografia e afiliação institucional (25 a 50 palavras). A inscrição será feita posteriormente. Os trabalhos podem ser submetidos em quatro categorias diferentes:

  • Comunicações orais (20 minutos de exposição + 10 minutos de discussão)
  • Pôsteres
  • Workshops (90 minutos)
  • Mesas redondas (60 minutos)
Informações no site:

Nota sobre concurso para Prefeitura de Barreiras

Referente ao processo seletivo publicado em edital em 15 de Abril de 2019, informamos aos musicoterapeutas que essa semana, a ASBAMT protocolou junto ao município de Barreiras, bem como ao instituto de desenvolvimento institucional brasileiro- IDIB (entidade responsável pelo concurso) um documento solicitando retificação das informações acerca do nível exigido publicado no edital, alterando pra nível superior, bem como, alteração do conteúdo programático.

A ASBAMT aproveitou o ensejo pra agradecer ao referido município pela oportunidade em contemplar a musicoterapia, somando à atenção a população no município, colocando-se à disposição para auxiliar nessa ampliação e reconhecimento do potencial que a musicoterapia reflete em políticas públicas de atenção à saúde, no contexto da assistência social, entre outros espaços de atenção, referenciando ainda, outros municípios que já incorporaram a musicoterapia na assistência.

A UBAM publica a Definição Brasileira de Musicoterapia

Notícia disponível em: http://ubammusicoterapia.com.br/definicao-brasileira-de-musicoterapia/

Após a constituição do Grupo de Trabalho, composto por Musicoterapeutas aprovados pela diretoria da UBAM, Mt. Lia Rejane Barcellos (AMT-RJ), Eliamar Fleury (AGMT), Igor Ortega (APEMESP), Leila Santos (AMT-PI), Andressa Dias (AMT-PR), Mariane Oselame (UBAM) e Marcello Santos (UBAM) houve uma Assembléia Extraordinária e foi votada a definição da Musicoterapia Brasileira em três eixos: Disciplina, Prática e Profissão, tentando abarcar a pluralidade da Musicoterapia Brasileira sem perder de vista o Projeto de Regulamentação.

A UBAM – União Brasileira das Associações de Musicoterapia divulga a versão finalizada da Definição Brasileira de Musicoterapia:

“Musicoterapia é um campo de conhecimento que estuda os efeitos da música e da utilização de experiências musicais, resultantes do encontro entre o/a musicoterapeuta e as pessoas assistidas. A prática da Musicoterapia objetiva favorecer o aumento das possibilidades de existir e agir, seja no trabalho individual, com grupos, nas comunidades, organizações, instituições de saúde e sociedade, nos âmbitos da promoção, prevenção, reabilitação da saúde e de transformação de contextos sociais e comunitários. Evitando dessa forma, que haja danos ou diminuição dos processos de desenvolvimento do potencial das pessoas e/ ou comunidades.

O musicoterapeuta é o profissional de nível superior, com formação reconhecida pelo MEC e com registro em seu órgão de representação de categoria. Ele/a é habilitado/a a exercer a profissão no Brasil. Ele/a facilita um processo musicoterápico a partir de avaliações específicas, com base na musicalidade e na necessidade de cada pessoa e/ou grupo. Estabelece um plano de cuidado e um processo musicoterápico a partir do vínculo e de avaliações específicas atendendo às premissas de promoção da saúde, da aprendizagem, da habilitação, da reabilitação, do empoderamento, da mudança de contextos sociais e da qualidade de vida das pessoas, grupos e comunidades atendidas. O musicoterapeuta pode atuar em áreas como: Saúde, Educação, Social / Comunitária, Organizacional, entre outras.”

Para citá-la, utilize a referência:

UNIÃO BRASILEIRA DAS ASSOCIAÇÕES DE MUSICOTERAPIA. Definição Brasileira de Musicoterapia. 2018. Disponível em: http://ubammusicoterapia.com.br/definicao-brasileira-de-musicoterapia/.

#UBAMJuntoComVocê #DefiniçãoBrasileiradeMusicoterapia #MusicoterapiaBrasileira