Notícias, Cursos e Eventos

Oficina Música e Movimento – 26 e 27 SET

“Música e Movimento” com Uirá Kuhlmann

VAGAS ENCERRADAS!!!

LINK PARA QUEM QUISER ADQUIRIR BOOMWHACKERS

Serão 12 horas de oficina, com certificação, trabalhando os seguintes conteúdos:

  • Jogos Musicais com Boomwhackers (Tubos Melódico-Percussivos)

  • Dinâmicas Musicais com Objetos da Infância

  • Percussão Corporal

Público Alvo: professores da educação infantil e ensino básico, professores de música, de arte e de educação física, musicoterapeutas, arteterapeutas, facilitadores de dinâmicas de grupo, recreacionistas,  brincantes, atores, dançarinos.

CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS

Cartaz Curso Uira para WEB v18-09-2015

 

PASSOS PARA INSCRIÇÃO:

  1. Deposite no Banco do Brasil (dados retirado do ar, pelo enceramento das inscrições)

  2. Envie um email com o assunto: Inscrição Música e Movimento, para asbamt@gmail.com   com cópia para tesouraria@asbamt  ,  anexando a FICHA DE INSCRIÇÃO, o comprovante de depósito e, no caso, de estudante ou sócio da ASBAMT, os respectivos comprovantes de matrícula e de anuidade.

    OBS.: As Fichas de inscrição enviadas sem os respectivos comprovantes serão desconsideradas.

VALORES

Profissional R$ 250,00      Estudante com Comprovação R$150,00 

 

Facilitador: Uirá Kuhlmann

Uirá Kuhlmann é Diretor da “Música e Movimento”, núcleo de pesquisa e formação em educação ativa, empresa destinada à capacitação e atualização de educadores em geral, endorsee da Boomwhackers® (tubos sonoros) no Brasil e professor de vivência musical na Escola Germinare na capital paulista. Pesquisador e arranjador na área da educação musical ativa e cultura brasileira.
Formado na EMESP em piano erudito, licenciatura em música pela UFSCar. Graduado em Orff – Schulwerk pela San Francisco School “The Certification Orff Program” e pela Escola do Movimento Ivaldo Bertazzo “Reeducação do Movimento”.
Entre outros cursos de especialização pelo mundo destacam-se:
Brasil – São Paulo: Rítmica Dalcroze (Fac. Anhembi Morumbi e Cons. Mus. Brooklin Paulista – 2006 e 2008); IV e V Curso Internacional Orff/Schulwek (ABRAORFF e Col. Santo Américo – 2009 e 2011)
Espanha – Madrid: Musica y Movimiento en la Educación,(Asociación Orff de España – 2009)
Áustria – Salzburg: International Symposium Orff-Schulwerk (Orff Institute – 2011)

 

 https://www.youtube.com/watch?v=hXHWYnc4D3I

 

 

Musicoterapeutas tocam na inauguração do CAPSi

Musicoterapeutas na Inauguração do CAPSi – Camaçari


Na solenidade de inauguração do CAPSi – Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil – do município de Camaçari -Bahia, os musicoterapeutas Aline Góes e Leonardo Cunha saudaram as crianças, adolescentes, familiares, profissionais de saúde e autoridades presentes com um repertório musical alegre, dançante e convidativo à reflexão sobre o lugar da infância e juventude na atenção em saúde mental. Os dois musicoterapeutas integram a equipe técnica deste novo equipamento, composta também por: psicólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiro e técnicos de enfermagem, psiquiatra, psicopedagogos, fonoaudiólogo, educador físico, terapeuta de família, assistente social, entre outros. O serviço conta com salas de grupos, de oficinas, de atendimento individual, além do espaço de convivência e salas administrativas e de equipe técnica. O CAPSI funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na rua Abrantes, N. 379, Bairro Inocoop.

12Nesta solenidade, a musicoterapia baiana celebra também o reconhecimento da Gestão de Saúde de Camaçari em garantir a continuidade da presença de musicoterapeutas no município, via concurso público. Desde 2007, o município oferece o atendimento de musicoterapia ao público adulto com transtornos mentais e sofrimento psíquico intenso, no CAPS II da Orla. Com o concurso público No 002/2010, foram convocados cinco musicoterapeutas, sendo que quatro tomaram posse: Cristiano Lima, no CAPS II da Orla, Antônio Durval Santana, no CAPS ad, Leonardo Cunha e Aline Góes (ambos no CAPSi)

Segundo Aline, “havia uma grande expectativa por parte da equipe e do público assistido da chegada desta abordagem no serviço de saúde mental da infância e adolescência, uma vez que a música acessa o sujeito de forma envolvente, ao mesmo tempo em que o organiza e permite conectar-se com novos sentidos, ampliando sua percepção”. Leonardo complementa que “a graduação em musicoterapia prepara o profissional para lidar com situações complexas de atenção à saúde e aos riscos sociais, sendo que as técnicas musicoterapêuticas têm a vantagem de abrir canais de comunicação e quebrar barreiras físicas, emocionais, de linguagem ou mesmo territoriais. A música se desloca no espaço temporal e pode assim estar presente nas praças, escolas, na casa do paciente ou no leito de um hospital, acolhendo o sujeito e transformando seu estado de espírito”.

O prefeito Ademar Delgado e o secretário de saúde Washington Couto prestigiaram a apresentação musical, composta por Aline (voz e violão), Leonardo (voz e guitarra) e os colegas do CAPSad Jairo e Dino, na percussão, além da presença dos irmãos Gustavo e Augusto, jovens assistidos pelo CAPSi. Esperamos que a boa apreciação musical tenha servido como um gostinho de “quero mais”, sensibilizando a abertura de novas portas nos diversos serviços de saúde e assistência social do município.

15

Ver outras notícias em:

http://www.camacari.ba.gov.br/2010/detalhe_noticia.php?cod_noticia=19472

http://www.nossametropole.com.br/capsi-foi-inaugurado-em-camacari/#.VQrUqPmsidk

Submissão de Trabalhos para o XI Fórum Baiano de Musicoterapia – 30/11/19

Prezados Colegas,

É com muita alegria que convidamos para o nosso XI Fórum Baiano de Musicoterapia, que nesta edição traz a temática:
Musicoterapia: Aquilo que (nos) toca: Reflexões e Imersões nas práticas musicoterapêuticas.

Nossa proposta é de reunir musicoterapeutas, pesquisadores e profissionais de outras áreas que se dedicam aos estudos “em torno da música”, seus diversos usos, funções, práticas, discursos teóricos e campos de trabalho e investigação.

Sabendo que a musicoterapia é um campo de ciência e aplicação, por definição, interdisciplinar, que envolve desde a perspectiva clínica até as práticas sociais, educativas, ecológicas e de desenvolvimento pessoal, visamos construir neste fórum um saber que circule e que contribua com novos olhares a respeito do lugar da música em nossa sociedade.

Os trabalhos submetidos à análise deverão estar vinculados ao tema das práticas musicoterapêuticas, o que envolve desde contribuições à musicoterapia e ao campo da musicologia e suas interfaces, bem como interfaces entre as práticas artísticas e as ciências humanas e da saúde.

Clique aqui para baixar as normas de submissão de trabalhos

O Evento acontecerá no dia 30 de Novembro de 2019 no Hotel Nacional Inn, em Salvador- Ba. Aguardamos submissão de trabalhos a serem enviadas pelo email forumasbamt2019@gmail.com até 26 de Outubro do presente ano.

Esperamos ver muita produção baiana nessa 11a edição. Sabemos quanto é importante partilharmos nossas vivências e conquistas na profissão!

Aguardamos vocês!

Atenciosamente,

Comissão organizadora do XI Forum Baiano de Musicoterapia

WhatsApp Image 2019-09-30 at 23.00.27

Vamos regulamentar a profissão de Musicoterapeuta no Brasil?

projeto regulamentaçãoVamos regulamentar a profissão de Musicoterapeuta no Brasil?

A UBAM – União Brasileira das Associações de Musicoterapia foi criada a favor do reconhecimento e da regulamentação da profissão Musicoterapeuta no Brasil. Por isso, a comissão de Políticas de Organização Profissional (Comissão POP) vem trabalhando junto à diretoria da UBAM na organização de um novo projeto de lei e de uma justificativa técnica para o processo de regulamentação.

Esse processo foi feito de forma coletiva e colaborativa. Desde estudos e debates internos, o levantamento nacional de diversos documentos, até o 1º Censo Nacional de Estudantes e Profissionais de Musicoterapia (2018). Não é a primeira vez em que esse levante acontece, mas esperamos que seja a última ANTES da regulamentação. 😉

O que já temos até o momento?
– Projeto de Lei. 👍🏽
– Justificativa finalizada. 👍🏽
– Discussão entre as Associações Estaduais de Musicoterapia e diretoria da UBAM sobre tramitação do projeto no Congresso. 👍🏽

O que está sendo feito no momento?
– Revisão jurídica dos documentos ⏳
– Reuniões para estruturar os caminhos políticos para esse novo projeto ⏳

Saber disso é importante para que toda a classe de Musicoterapeutas e estudantes de Musicoterapia possa estar alinhada com este movimento. A regulamentação da profissão de Musicoterapeuta é transpartidária e fundamental para toda a sociedade brasileira que se beneficia da Musicoterapia.

A UBAM tem o compromisso de representar a profissão nas diversas esferas e lutará por esse projeto. Informações específicas sobre o andamento do projeto, sobre a tramitação no congresso e afins podem ser obtidas também em contato com as Associações Estaduais. Musicoterapeuta e estudante, este é o momento de estar cada vez mais próxima/o da sua Associação! Participe! 🙂

Vamos juntas e juntos rumo à regulamentação da profissão de Musicoterapeuta no Brasil?

Fonte: UBAM http://www.ubammusicoterapia.com.br

Musicoterapeutas no CNES

Todos os dias micro e macro-ações são feitas para ampliar o campo de atuação de Musicoterapeutas no Brasil. Uma destas ações é o registro de clínicas e espaços de saúde que possuem Musicoterapeutas em seu quadro de trabalhadoras/res junto ao CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. 😉

Uma das vantagens do CNES é apresentar a quantidade de profissionais por Estado e por municípios registrados. Com isso, apresentamos o documento oficial “Musicoterapeutas no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde” – CNES. Os dados apresentados neste documento foram levantados em outubro de 2018.

O documento apresenta um levantamento de Musicoterapeutas no CNES em todo o território brasileiro mostrando o crescimento da área e potencial de desenvolvimento da Musicoterapia! 😉

É possível acessar o documento na íntegra aqui:

https://bit.ly/2Y7byrd

Não sabe para que serve o CNES? A UBAM te dá uma mãozinha:

“O CNES auxilia os gestores a perceberem a capacidade da rede de assistência do país. Com a base, é possível saber quais foram os estabelecimentos fechados ou abertos, bem como identificar a demanda de serviços de saúde nas cidades. Isso facilita, por exemplo, o controle do Ministério da Saúde e os repasses do governo aos estabelecimentos.” (Fonte: https://blog.iclinic.com.br/cnes-entenda-seu-conceito-funcoes-e-objetivos/)

#Saúde #Musicoterapia #CNES #Musicoterapeutas #Música #ProfissãoDeSaúde #Brasil #SUS #SaúdePública #SaúdeColetiva #RumoàRegulamentação #Regulamentação

Parabéns ao 28 anos da ASBAMT!

Comemoramos hoje 28 anos da fundação da Associação Baiana de Musicoterapia. Congratulamos a todos os musicoterapeutas baianos ou graduados e pós-graduados na Bahia por suas valiosas contribuições na história de nossa profissão e por honrarem de maneira tão apaixonada seu ofício, contribuindo para o reconhecimento social da musicoterapia. A ASBAMT somos todos nós que nos responsabilizamos pelo cuidado ético, político e científico com a musicoterapia baiana e brasileira. Parabéns!!! Vida longa à ASBAMT!

asbamt28anos

Retificação São Francisco do Conde – Seleção MT

Após documento entregue pela Diretoria da ASBAMT ao gabinete do Secretário de Educação e setor Jurídico do Município de São Francisco do Conde, noticiamos que o edital foi retificado incluindo graduados ou pós-graudados em Musicoterapia, de acordo com a CBO/Ministério do Trabalho.  Veja o texto abaixo, retirado do diário oficial , edição1304, de 23-05-2019.

EDITAL N.“ 001/2019 _ , PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇAO TEMPORARIA PARA PRESTAÇAO DE SERVIÇOS NA SECRETARIA DA EDUCAÇAO DO MUNICIPIO

O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DO CONDE-BA, EXMO. EVANDRO ALMEIDA, no uso das suas atribuições legais que lhe confere a Lei Orgânica, considerando a publicação do EDITAL n.º 001/2019 – PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO, na data 15/05/2019 no Diário Oficial do Município, Edição n.“ 1298, vem, por meio deste, RETIFICAR O ITEM 1.5 — MUSICOTERAPEUTA, NOS SEGUINTES TERMOS: 1.5 MUSICOTERAPEUTA: Ensino Superior Completo em Musicoterapia ou Ensino Superior completo, com especialização em Musicoterapia, em instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

São Francisco do Conde, 23 de maio de 2019

EVANDRO ALMEIDA

Prefeito Municipal

MARIVALDO CRUZ DO AMARAL

Secretário Municipal da Educação